Trabalho e Potencial Elétrico
publicidade   



Considere uma carga Q = −3 μC fixa num ponto O do espaço. Os pontos A, B e C distam, respectivamente, 1,0 m, 3,0 m e 6,0 m de O. A carga está colocada no vácuo, onde \( k_{0}=9.10^{9}\;\frac{\text{N.m}^{2}}{\text{C}^{2}} \). Pede-se:
a) Calcular e representar o vetor campo elétrico em B.
b) Qual o potencial eletrostático em B?
c) Qual a energia potencial de uma partícula de q = −5 nC colocada em C? Considere a energia potencial nula no infinito;
d) Qual o trabalho de um operador, necessário para trazer a partícula q do infinito até o ponto C?
e) Qual o trabalho da força elétrica nesse deslocamento?
f) Qual o trabalho de um operador quando q é deslocada de C até A?
g) Qual o trabalho da força elétrica nesse deslocamento?
Duas gotas de água, isoladas, cujos raios são 0,4 mm e 0,6 mm, são carregadas respectivamente com 8.10−8 C e 1,2.10−7 C. Pede-se o potencial da gota que se forma pela união das duas primitivas.
Uma partícula com carga q1 = 1 μC e massa 5 g é lançada na direção radial de outra partícula, com carga q2 = 6 μC e fixa no espaço, a velocidade de lançamento é de 12 m/s de uma distância de 0,3 m. Determinar a que distância da partícula fixa a partícula lançada vai ter velocidade nula. Considere o meio o vácuo onde a constante eletrostática vale \( k_{0}=9.10^{9}\;\frac{\text{N.m}^{2}}{\text{C}^{2}} \). e despreze efeitos gravitacionais.
publicidade   

Licença Creative Commons
Fisicaexe - Exercícios Resolvidos de Física de Elcio Brandani Mondadori está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-Compartilha Igual 4.0 Internacional .