Leis de Kirchhoff

Leis de Kirchhoff

No circuito abaixo determinar as correntes nos ramos, seus verdadeiros sentidos.

Circuito elétrico com resistores R1=0,5 ohms; R2=0,5 phms; R3=1 ohm; R4=0,5 ohms;R6=3 ohms; R7=1 ohm e baterias de E1=20 V; E2=20 V; E3=6V.


Solução por Leis de Kirshhoff

Solução por Correntes Fictícias de Maxwell
Duas pilhas cujas f.e.m. e resistências internas são respectivamente E1=1,5 V, E2=9 V e r1=1 Ω, r2=2,2 Ω são ligadas por fios de resistência desprezível a um resistor R=4,7 kΩ, segundo o esquema indicado na figura. Determinar as intensidades das correntes nos diferentes trechos do circuito.

Pilha E1=1,5 V e reistência interna r1=1 ohm ligada, em paralelo, com resistor R=4700 ohms, ligado em paralelo com bateria E2=9 V e resistência intera r2=2,2 ohms.


Solução por Leis de Kirshhoff

Solução por Correntes Fictícias de Maxwell

No circuito abaixo determinar as correntes nos ramos, seus verdadeiros sentidos.

  circuito elétrico

ícone PDF   Solução por Leis de Kirchhoff   95 KB  PDF

ícone PDF   Solução por Correntes Fictícias de Maxwell   80 KB  PDF

No circuito abaixo determinar as correntes nos ramos e seus verdadeiros sentidos.

  circuito elétrico

ícone PDF   Solução por Leis de Kirchhoff   126 KB  PDF

ícone PDF   Solução por Correntes Fictícias de Maxwell   97 KB  PDF